Lipoaspiração de Papada: entenda tudo sobre o procedimento

Conheça a lipoaspiração de papada, um procedimento cirúrgico que remove a gordura de forma efetiva, rápida e segura.
lipoaspiração de papada

Devido a fatores como idade, peso e genética, o pescoço pode se tornar volumoso e começar a acumular gordura. Para resolver este problema, e evitar que prejudique a autoestima do paciente, existem vários procedimentos disponíveis hoje que ajudam a melhorar o quadro.

A lipoaspiração de papada (ou “cervicoplastia”) é um procedimento cirúrgico que remove a gordura de forma efetiva, rápida e segura.

Uma das grandes vantagens desta cirurgia é o fato de poder ser realizada em consultório, com anestesia local, sem necessidade de internação.

Outra vantagem se refere ao fato do pós-operatório ser extremamente tranquilo e confortável para o paciente: na grande maioria dos casos, não há dor nos dias seguintes da cirurgia, garantindo um conforto e alívio àqueles que se submeteram a ela.

Quais os cuidados necessários para fazer a Lipoaspiração de Papada?

Assim como os demais procedimentos estéticos, são necessários alguns cuidados e precauções antes e depois de realizar a lipoaspiração de papada. Veja abaixo.

Quais os cuidados pré-cirúrgicos? 

Como toda cirurgia, há uma série de cuidados prévios que precisam ser informados ao paciente, para que o procedimento de lipoaspiração de papada seja bem sucedido e sem quaisquer complicações futuras. 

O primeiro passo é avaliar o paciente, entender muito bem a sua queixa (o que, de fato, o incomoda). Feito isso, o segundo passo é avaliar se o paciente é indicado ou não para esta cirurgia: grávidas, lactantes, diabéticos descompensados, hipertensos e pacientes com infecções locais não podem fazer a cirurgia. 

Tudo deve ser conversado com o paciente, para que ele entenda bem o seu quadro clínico, e para que também entenda quais resultados poderá esperar com a cirurgia.

Vale lembrar que, na consulta de avaliação, deve-se observar se há flacidez na região, se há apenas gordura ou se há associação de ambas. Tudo deve ser anotado e relatado ao paciente, para que ele esteja ciente tanto do seu quadro clínico, quanto do que esperar em relação aos resultados.

Após uma correta avaliação, o próximo passo será pedir os exames laboratoriais, para avaliar a saúde sistêmica do paciente. Mesmo quando o paciente diz que está com a saúde em dia, é importante que o cirurgião peça os exames, pois muitas vezes o próprio paciente não está ciente de possíveis alterações que possam estar ocorrendo em seu organismo. 

Em geral, pede-se hemograma completo, coagulograma, glicemia em jejum e demais exames de acordo com o que o cirurgião julgar necessário para o paciente em questão.

E os cuidados pós-operatórios? 

O paciente deverá utilizar uma faixa compressiva facial, por 15 dias, e depois, apenas durante a noite por mais 15 dias. 

Além disso, o paciente deverá realizar sessões de drenagem linfática no local da cirurgia. Recomenda-se, em média, duas sessões por semana durante um mês, totalizando oito sessões. 

Também é importante que o paciente tome os fármacos prescritos pelo cirurgião-dentista, se mantenha afastado de atividades físicas por, pelo menos, 15 dias,  evite exposição solar neste mesmo período, e que volte para a remoção dos pontos após sete dias, na consulta de reavaliação, como é chamada. 

Como é realizada a cirurgia de lipoaspiração de papada? 

Com os resultados dos exames em mãos, a cirurgia poderá ser agendada. 

É importante que o paciente traga a faixa compressiva facial no dia da sua cirurgia, pois seu uso começará logo após o término do procedimento.  

Dependendo de cada caso, o procedimento dura, em média, 60 minutos. Com anestesia local e solução de Klein – solução anestésica que será injetada na região da papada – inicia-se a cirurgia, que contará com utilização de cânulas para sucção da gordura.

E se houver flacidez no local? 

A pele da região submentoniana, ou seja, a região da “papada”, responde muito bem à cirurgia de lipoaspiração, e em geral não apresenta flacidez após a cirurgia. 

Uma observação importante a se fazer é que, em muitos casos, há flacidez pré-existente (associada à gordura) já antes da cirurgia, que deve ser diagnosticada e relatada ao paciente. 

Em casos onde os pacientes desejam melhorar a firmeza da pele da região após a cirurgia, outros procedimentos poderão ser realizados, como os bioestimuladores de colágeno.

Em quanto tempo os resultados aparecem? 

Os estudos mostram que os resultados aparecem, em média, após um período de três meses. Porém, na prática clínica, percebe-se que os resultados costumam aparecer logo no primeiro mês. Isso depende de cada organismo.

E então? Já conhecia o procedimento? Comente aqui embaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Odontologia Estética.