Bichectomia: o que você precisa saber sobre o procedimento

A Bichectomia tornou-se a melhor opção dentro dos procedimentos de Harmonização Orofacial para diminuir o volume das bochechas, afinar o rosto e delinear contorno.
Bichectomia

Uma das queixas mais frequentes nos consultórios de Harmonização Orofacial é, sem dúvidas, o excesso de volume nas bochechas, que pode causar danos estéticos e funcionais ao paciente. 

Para solucionar esta queixa, a Bichectomia tornou-se a melhor opção dentro dos procedimentos de Harmonização Orofacial. Afinal, ela é a única que consegue entregar o que o paciente está desejando: diminuir o volume das bochechas, afinar o rosto e delinear contorno.

Embora seja uma cirurgia que exige todos os cuidados de esterilização, assepsia e antissepsia, ela pode ser considerada de pequeno porte, porém não pode ser banalizada.

O que é a bichectomia? 

O procedimento visa a remoção das “bolas de Bichat”, estruturas gordurosas que dão volume à bochecha, também chamadas de corpos adiposos bucais, que ficam localizados na face e conferem o formato arredondado ao rosto. 

Elas podem ser uma condição hereditária de excesso de gordura nas bochechas e não podem ser reduzidas com exercícios físicos ou dieta. Essas gorduras são necessárias nos primeiros anos de vida, para ajudar na sucção e alimentação de bebês. 

A bichectomia, portanto, tem como principal função diminuir o volume das bochechas, que causam insatisfação ao paciente. Também é indicada para quem tem o hábito de mordiscar a parte interna da boca pelo excesso de volume, aumentando o espaço do corredor bucal minimizando lesões intra orais.

Cuidados pré-operatórios

Antes de mais nada, é preciso que o paciente passe por uma avaliação profissional para entender se está elegível para o procedimento e quais são as suas expectativas. 

Através de uma correta anamnese, o cirurgião-dentista irá conhecer o histórico do paciente, seu quadro de saúde sistêmica, se possui alguma doença em tratamento, se possui alergias, quais medicamentos toma e, também, irá conversar com o paciente sobre como será a cirurgia, para que ele já se familiarize com todo o processo.

Como é realizada a cirurgia?

A cirurgia é feita no próprio consultório odontológico, com anestesia local e o paciente permanece acordado durante todo o processo. 

É realizada uma pequena incisão na parte interna das bochechas, onde o cirurgião irá remover as bolas de Bichat com ajuda de instrumentais cirúrgicos adequados. Após a remoção completa, a incisão é suturada. Uma bandagem poderá ser colocada para ajudar na recuperação ideal. 

O procedimento dura, em média, uma hora, mas depende muito de cada caso. Existem casos onde a gordura fica mais “escondida” e difícil de ser removida. Nesses casos, a cirurgia poderá demorar mais para ser concluída.

Recuperação após o procedimento

A recuperação completa vai depender de cada pessoa, mas costuma durar, em média, 14 dias. Nos três primeiros dias após o procedimento, a recomendação é que a alimentação seja leve e na temperatura fria. A exposição ao sol também deve ser evitada, para impedir que um possível sangramento aconteça. Além de evitar exercícios físicos intensos. 

Alguns pacientes podem apresentar pequenos inchaços e hematomas, que desaparecem por conta própria durante os primeiros dias de recuperação. Dores no pós-operatório são de rara incidência. 

Os resultados da cirurgia são permanentes e já podem ser vistos imediatamente após o procedimento, mas os resultados completos serão visíveis assim que todo o inchaço diminuir, pois é aí que a projeção da região zigomática/malar (maçãs do rosto) aparece mais, dando ao rosto um aspecto de emagrecimento e alongamento da face.

Riscos da bichectomia

Como todo e qualquer procedimento realizado na face, a bichectomia também apresenta riscos, embora não sejam frequentes. 

Os principais riscos são: sangramento, infecção, inchaço prolongado, comprometimento do nervo facial ou do ducto salivar, entre outros. 

Todos os riscos devem ser informados ao paciente, que deverá assinar o termo de consentimento antes de iniciar o procedimento.

Resultados 

Os resultados precisos da bichectomia podem ser vistos após o desaparecimento do inchaço. Pode levar vários meses até que os resultados finais apareçam, pois as bochechas gradualmente irão desinchando e se mostrando mais afinadas.

Em 90 dias documentamos os resultados, porém em até seis meses temos mudanças sutis na captação dos tecidos.

Seguir as instruções do profissional é fundamental para o sucesso da cirurgia.

E então? Já conhecia o procedimento? Comente aqui embaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2010-. Portal da Odontologia Estética.