Skip to main content

Por que fazer a especialização em Harmonização Orofacial?

Aqui vão 5 motivos para cursar especialização em Harmonização Orofacial. Leia o texto completo e tire suas dúvidas sobre a pós-graduação que é destaque no mercado.
"Por que fazer especialização em Harmonização Orofacial?" - Dr. Diogo Branco

Muitos cirurgiões-dentistas me perguntam por qual motivo deveriam fazer uma especialização em Harmonização Orofacial, e por isso resolvi escrever este texto.

Para quem não me conhece, eu trabalho com HOF desde 2016, quando fiz meu primeiro curso livre. De lá pra cá, eu fiz muitos cursos, congressos, participações em seminários, meetings e afins. De lá pra cá, vimos a Harmonização Facial se tornar uma especialidade odontológica, ganhando respeito e notoriedade enquanto tal.

Hoje, o cenário que vemos é um mercado de HOF em contínua expansão, o que por um lado é ótimo pois consolida, cada vez mais, a atuação do cirurgião-dentista dentro da Harmonização. Prova disso é que, hoje, os maiores nomes da Harmonização Facial são de cirurgiões-dentistas. Por outro lado, um maior número de profissionais atuantes faz com que a competitividade seja gigantesca.

O número de profissionais que trabalham com Harmonização é enorme, e por isso, trago aqui o primeiro motivo para fazer uma especialização:

1 – Se diferenciar é fundamental

Se atualizar é vital para obter êxito profissional. Não fazer apenas aquilo que todos os outros fazem é se destacar profissionalmente, e uma das melhores formas para ser referência na sua área de atuação é fazendo um curso completo e atualizado.

O curso de Especialização em Harmonização Orofacial da faculdade FAPUGA tem, entre seus objetivos, o intuito de trazer técnicas atuais e com alto valor agregado.

O profissional que fez um curso de HOF no ano passado já está em desvantagem competitiva perante a outros profissionais no mercado. Novas técnicas surgem e os pacientes buscam por isso. Se você não souber fazer aquilo que seu paciente busca, ele irá procurar outro profissional que faça, e talvez fique por lá para sempre.

Antigamente, ter um diploma de graduação era garantia de sucesso. Hoje, o profissional que faz apenas graduação e não busca por atualização, não conseguirá ter sucesso em sua área de atuação.

O mundo de hoje é “líquido” (como garantem os filósofos): aquilo que servia há um ano atrás, hoje talvez não sirva mais. O mundo está em constante atualização, e precisamos, como profissionais, estar em consonância com isso.

O segundo motivo que trago para fazer um curso de Especialização é, talvez, o mais convincente para muitos (afinal, mexe com a parte mais sensível do homem, “o bolso”):

Especialização em Harmonização Orofacial, vivência clínica

2 – Custo-benefício surpreendente

Vamos falar de números, de precificação: os cursos livres de Harmonização Facial hoje giram em torno de 6 mil reais, em dois dias de aulas (alguns são só online). Isso para aprender um conteúdo mais básico (toxina, preenchimentos).

Se você quiser aprender uma técnica mais elaborada, como “Lifting de Temporal”, terá que desembolsar uma valor médio de R$50 mil reais (sim, existem cursos de até 100 mil reais para aprender esta técnica). Se quiser aprender a fazer Lip Lift, terá que pagar, em média, 12 mil reais. Um bom curso de protocolos para pele? 8 mil reais.

No nosso curso de Especialização em Harmonização Orofacial e Cirúrgica, todos os procedimentos citados acima fazem parte do conteúdo programático. Porém, por um preço muito mais acessível. Isso se chama oportunidade. Aqueles alunos que já estão inscritos em nosso curso de especialização, souberam agarrar essa oportunidade e, certamente, já estão em vantagem profissional.

Quando fui convidado para ser coordenador deste curso, eu tive a oportunidade e honra de poder montar o conteúdo programático, sempre pensando naquilo que chamasse mais atenção do nosso público alvo: os cirurgiões-dentistas.

Por isso, inclui a parte cirúrgica, que é o diferencial perante às outras classes. Saber fazer uma boa cirurgia facial traz muito mais do que bons resultados. Traz respeito profissional, autoridade, reconhecimento. Afinal, cirurgia é coisa séria, e só faz quem tem “know how” para isso. É preciso ter muita habilidade técnica e seriedade.

Um cirurgião é visto como um profissional extremamente laureado e experiente. Por isso, os alunos da nossa Especialização em Harmonização Orofacial não irão apenas conseguir a titulação de especialistas, mas também irão conseguir reconhecimento.

O terceiro motivo é aquele que, como coordenador, pude perceber.

3 – O título de especialista abre portas

Quando fui montar o time de docentes para o curso de especialização, muitos nomes me vieram à mente. Eu tenho uma enorme rede de contatos, e nesta rede, estão profissionais extremamente gabaritados e experientes. Tenho amigos que fazem casos maravilhosos de preenchimentos “full face”, que fazem cirurgias maravilhosas e são consagrados dentro da HOF.

Porém, para ser professor de especialização, não basta ter habilidade. Tem que ter titulação. Por isso, tive que ir atrás de especialistas em HOF, e dentre esses, escolher aqueles que também tem habilidade prática. Ou seja, quem tem título de especialista, poderá, no futuro, se tornar um docente de Harmonização. E com a tendência da inclusão da Harmonização dentro do conteúdo programático das graduações, este mercado estará cada vez mais aberto para profissionais com título de especialistas.

Um fator que impede um cirurgião-dentista a fazer um curso de especialização também é a sua disponibilidade de horários. Por isso, a tendência (principalmente após a pandemia) é fazer aulas que não atrapalhem o andamento clínico do cirurgião-dentista, em formato híbrido. Ou seja, na Especialização em Harmonização Orofacial e Cirúrgica do Nepuga, o formato pedagógico foi pensado de forma a apenas agregar, e nunca atrapalhar a vida do cirurgião-dentista.

Vamos, então, ao nosso quarto motivo:

Especialização em harmonização orofacial, vivência clínica

4 – Praticidade

A parte teórica é feita com aulas pelo Zoom (principalmente) e com práticas mediante vivências clínicas, em São Paulo. As práticas por meio de vivência clínca são bimestrais, e com muitos pacientes, para que o profissional saia da Especialização com domínio técnico e segurança. Além das aulas pelo Zoom e das vivências, também temos as aulas que são 100% gravadas (EAD), mas, diferente de outras instituições de ensino, nossas aulas são atualizadas, portanto nosso aluno sempre aprenderá o que há de mais moderno dentro da HOF.

Os motivos descritos acima certamente são extremamente valiosos. Mas existe um que não poderia ficar de fora, quando falamos em maestria em ensino:

5 – Reconhecimento do MEC

Com mais de 17 anos de tradição, o NEPUGA é hoje reconhecido academicamente como uma instituição séria e decorosa. A faculdade, que tem polos espalhados pelo Brasil inteiro, oferece cursos que são reconhecidos pelo MEC, o que garante ao aluno que ele não está em qualquer curso, em qualquer faculdade.

São muitos motivos para fazer uma Especialização em Harmonização Orofacial. Eu escolhi 5 e descrevi para vocês.

Espero que desta forma eu tenha elucidado a importância de ser hoje, um especialista.

É com muita honra e orgulho que fazer parte do time NEPUGA, como coordenador da Especialização em Harmonização Orofacial e Cirúrgica, e convido você a conhecer mais sobre o nosso curso.

Entre em contato comigo! Deixo aqui minha rede social (Instagram), para que você me mande mensagem. É só procurar por @drdiogobranco e conversar diretamente comigo. Será um prazer te conhecer!

Um abraço do coordenador e amigo,
Dr. Diogo Branco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *