O que você precisa saber sobre clareamento dental

O clareamento dental é um procedimento utilizado por pacientes que querem deixar os dentes mais brancos. O agente clareador utilizado no processo penetra nos dentes e reage quimicamente com pigmentos presentes nos mesmos. Apesar de ser um método prático, é importante estar atento ao que pode ou não ser feito antes ou após o processo. Qual […]
clareamento dental

O clareamento dental é um procedimento utilizado por pacientes que querem deixar os dentes mais brancos. O agente clareador utilizado no processo penetra nos dentes e reage quimicamente com pigmentos presentes nos mesmos. Apesar de ser um método prático, é importante estar atento ao que pode ou não ser feito antes ou após o processo.

Qual a finalidade do clareamento e para que serve?

Muito procurado por pacientes que almejam ter um sorriso mais branco. Com o passar dos anos, os dentes ficam amarelados em virtude da ingestão de alimentos com corantes, uso de bebidas, cigarros e má alimentação. Há duas maneiras de realização do clareamento dental. A primeira tecnologia é usada com laser ou luz de led. Já a outra pode ser feita em casa, utilizando peróxido de carbamina com duas moldeiras. Essa substância deixa os dentes tão brancos como a água sanitária deixa brancas as roupas. A reação química é a mesma. Clareamento-dental- estética-dentes

Como é feito o clareamento dental?

É utilizado laser ou luz de led, quando feito em consultórios, durando três sessões. Já o caseiro, deve ser feito de acordo com orientações do dentista. Por ser prático, é uma forma muito escolhida por pacientes.

Há o aumento da sensibilidade dos dentes?

Como o produto age diretamente no esmalte dos dentes, há sensibilidade. Cada pessoa pode sentir de uma maneira distinta, uma vez que cada dente é único. A substância translúcida abre os poros, indo para dentina (segundo tecido do dente) que fica encarregado pela sua coloração, que tem muitos nervos, sendo assim a tendência é aumentar a sensibilidade.

Mulheres grávidas podem realizar o procedimento?

Não há estudo que fale de contraindicação, pelo menos não de maneira clara. Porém, existem especialistas que não fazem por cuidado. É recomendável o tratamento a partir do terceiro mês de gestação, e atenção: há analgésicos que não podem ser tomados.

O tratamento deixa os dentes fracos?

Não. Mas é imprescindível que o tratamento seja realizado por um especialista da área. Pacientes que têm afta devem ter cuidados redobrados, uma vez que ela surge devido à ação de vírus, bactérias ou pelo PH da boca do paciente. É importante que a pessoa se livre completamente desse incômodo para em seguida realizar o procedimento.

Quais os alimentos indicados?

Nesse caso, alimentos ricos em corantes, bebidas, cigarros não são recomendados. O café também é um grande vilão. É indicado que se faça uso de canudo para ingerir bebidas que amarelem os dentes, caso o paciente faça questão desses alimentos com frequência.

Qual dura mais?

O caseiro, pois a substância se esparrama facilmente pelos dentes. Contudo, não quer dizer que outros métodos como o laser e a luz de led não sejam eficazes. Clareamento-dental- estética-dentes

Pacientes com alta sensibilidade

Veja como você pode eliminar a sensibilidade dos dentes Se estiver com moldeira, use-a por tempo mais curto; Utilize creme dental para dentes sensíveis que contém citrato de potássio; Use produto com flúor. Aplique-o na moldeira e deixe por quatro minutos; Interrompa o clareamento dos seus dentes por alguns dias, até que se adapte ao processo; Cerca de 24h a sensibilidade cessará. Quanto mais clarear os dentes, menos sensibilidade terá. Casos onde o clareamento não é indicado: Doença na gengiva, esmalte desgastado, cáries ou dentes sensíveis, em caso especial. Grávida ou amamentando e Caso possua coroa com a mesma cor dos dentes, jaquetas ou qualquer outro tipo de restaurações nos dentes frontais, que não podem ser clareados. É sempre importante procurar por um profissional adequado da área que analisará qual o melhor procedimento para cada pessoa. Sem orientações, o clareamento pode causar incômodos persistentes, como sensibilização, alteração do esmalte, inflamação do nervo, bem como problema periodontal. Fonte: Cláudia e Colgate

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2012-2021. Portal da Odontologia Estética.