Você, profissional dentista que deseja dar um upgrade em sua carreira, sabia tudo o que você precisa para entender como o dentista pode se especializar em Harmonização Orofacial.

Desde que o Conselho Federal de Odontologia soltou a resolução 198/2019, o dentista tem reconhecida a especialização em Harmonização Orofacial.

Para o profissional que está em busca de um curso que o capacite, basta ficar atento ao que pede a resolução:

1 – Serão reconhecidos como cursos de especialização em Harmonização Orofacial os que contenham carga horária mínima de 500 (quinhentas) horas, divididas, no mínimo, 400 (quatrocentas) horas na área de concentração, 50 (cinquenta) horas na área conexa e 50 (cinquenta) horas para disciplinas obrigatórias.

2 –  Na área de concentração deverão constar, no mínimo, disciplinas de preenchedores faciais e toxina botulínica, fios orofaciais, lipoplastia facial, agregados leuco-plaquetários autólogos, mesoterapia e indutores percutâneos de colágeno e fototerapia facial.

3- Na área conexa deverão constar, no mínimo, disciplinas de anatomia de cabeça e pescoço, histofisiologia, anatomia da pele (epiderme, derme e tecido subcutâneo), farmacologia e farmacoterapia.

4- Na área obrigatória deverão constar, no mínimo, as disciplinas de ética e legislação odontológicas, metodologia científica e bioética.

5-. O Coordenador do curso de especialização em Harmonização Orofacial deve ser, no mínimo, pós-graduado (stricto sensu) em Odontologia.

6-. O corpo docente da área de concentração deverá ser composto, exclusivamente, por especialistas em Harmonização Orofacial registrados no Conselho Federal de Odontologia.

7- O Conselho Federal de Odontologia registrará o título de especialista em Harmonização Orofacial exclusivamente obtido por instituições credenciadas pelo Sistema Conselho ou de ensino regulamentadas pelo MEC.

8- Também terá direito ao registro como especialista em Harmonização Orofacial o cirurgião-dentista que:

  1. a) apresente, a qualquer tempo, o certificado de conclusão ou comprove a efetiva coordenação de curso de especialização nesta área iniciado antes da vigência desta norma e regulamentado pelo MEC;
  2. b) possuindo especialidade registrada em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, comprove, em até 180 (cento e oitenta) dias, atuação efetiva em harmonização orofacial nos últimos 5(cinco) anos;
  3. c) possuindo qualquer outra especialidade registrada, comprove, em até 180 (cento e oitenta) dias, atuação efetiva nos últimos 5 (cinco) anos e a realização de cursos, que totalizem no mínimo 360 (trezentas e sessenta) horas, e que contenham conteúdos práticos com pacientes na área de preenchedores faciais e toxina botulínica, fios faciais, lipoplastia facial, agregados leuco-plaquetários autólogo, mesoterapia e indutores percutâneos de colágeno e fototerapia facial.

Agora que você já sabe como o dentista pode se especializar em Harmonização Orofacial, que tal sair em busca da sua atualização profissional?

Curso de Harmonização Facial para dentistas

Deixe aqui seu Comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...
Somos apaixonados pela Odontologia Estética - Página com as últimas notícias da área da Estética Odontologia sobre formação, legislação, eventos, congressos, procedimentos, medicamentos, equipamentos e pesquisas acadêmicas.